ONDA ROXA

Athos Sena Pontes discute lei

do governador e alinha-se a empresários

Conteúdo produzido pela Editoria de Diversos do VOX - 17/03/2021, às 21h25min

Proprietário da Farmácia Aparecida, em Teófilo Otoni, Athos Sena Pontes, foi incisivo em dizer que o fechamento mais rigoroso (a onda roxa) decidido pelo governador do Estado de Minas Gerais não foi responsavelmente debatido, já que todo o setor não foi ouvido.
Para Athos, o empresariado está pagando a fatia mais amarga da conta da pandemia. Em tom corajoso, ele afirmou que houve um nivelamento infeliz e uma distribuição de responsabilidades que não poderia ter havido. Assista às declarações exclusivas que o empresário fez ao VOX:
WhatsApp Image 2021-03-18 at 09.23.28.jp
WhatsApp Image 2021-03-15 at 10.41.43 (1
WhatsApp Image 2021-03-15 at 10.41.14 (2
WhatsApp Image 2021-03-15 at 10.41.14 (3